sábado, 22 de dezembro de 2012

BOAS FESTAS...


Boas Festas e que 2013 continue repleto de saúde, paz, sucesso, prosperidade e agradáveis surpresas para todos(as) nós. 



sábado, 8 de dezembro de 2012

A ILUMINAÇÃO E O AMBIENTE

video


A fonte luminosa mais importante para o meio ambiente é o sol, porque ele emite luz e calor, essencial à vida humana, vegetal e animal. Se esta iluminação faltar, com certeza será interrompido o processo de fotossíntese nas plantas, irá modificar o comportamento dos animais como também dos seres humanos. Pois a fotossíntese é um processo que combina material químico em produtos orgânicos que servem para sustentar as plantas e animais, tendo a importância, em dar início a cadeia alimentar, na qual é baseada toda a vida superior, inclusive os seres humanos.
A falta ou excesso de iluminação pode mudar o nosso comportamento, afetará nossa visão, proporcionando-nos a ocorrência de acidentes, ansiedade e doenças.
Devemos trabalhar em um ambiente, no qual o índice de iluminação seja adequado à execução de nossas atividades, evitando assim a fadiga visual.

“Segurança é apenas uma questão de atitude! Você é importante! Use EPI’s!”

Fonte: Rede SESMT

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

PROTEJA E PRESERVE A SUA SAÚDE AUDITIVA DENTRO E FORA DO AMBIENTE DE TRABALHO...

video


Efeitos do ruído no homem e sobre o sistema auditivo
A conseqüência mais evidente é a SURDEZ, que depende de alguns fatores, como intensidade, tipo de ruído (contínuo, intermitente ou impacto), sua qualidade (sons agudos - são mais prejudiciais que os graves), susceptibilidade individual, tempo de exposição e a idade. A surdez pode ser dividida em três grupos que são:
A) Temporária,
B) Permanente,
C) Trauma acústico.
A surdez temporária: é caracterizada pela dificuldade de audição, embora passageira e que notamos após exposição, mesmo que por algum tempo a ruído intenso.
A exposição prolongada e repetida ao ruído é capaz não só de causar a surdez temporária como, potencialmente, provocar a surdez permanente. Se a exposição for repetida antes de uma completa recuperação, poderá tornar-se surdez permanente. Pode ainda ocorrer a fadiga dos músculos do ouvido médio.
Surdez permanente: É a perda irreversível da capacidade auditiva, devido à exposição contínua à qual o trabalhador fica exposto ao ruído de intensidade excessiva, sem proteção auditiva. No princípio, ocorre a destruição das células no início do caracol, sensível a sons de 4.000 Hz, e essa alteração não é percebida por não atingir a freqüência da fala. As perdas progridem até atingir freqüências da comunicação oral, entre 250 e 2.000 Hz, quando a vibração chega ao ouvido, mas não consegue ser transmitida. Trauma acústico: É de instalação repentina, após a exposição a ruído intenso como de explosões e impactos, que podem causar perfurações no tímpano e mesmo deslocamento dos ossículos, causando a surdez temporária ou permanente.
Podem ser causados outros efeitos nos demais sistemas orgânicos como ações no sistema cardiovascular, aumento da pressão sangüínea, aceleração da pulsação, aumento da liberação de hormônios, condições idênticas às de situações de medo ou stress, contração dos vasos sangüíneos, dilatação das pupilas e músculos tensos, redução da velocidade de digestão, irritabilidade, desconforto, diminuição da eficiência do trabalho e prejuízo às atividades que dependem da comunicação oral, pois o ruído mascara a voz.
Fonte: Rede SESMT

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

DICAS DE SAÚDE - SONO E ALIMENTAÇÃO...


 
Das 21- 23:00: É o horário em que o corpo realiza atividades de eliminação, químicos desnecessários e tóxicos (desintoxicação) mediante o sistema linfático do nosso corpo. Neste horário do dia devemos estar num estado de relaxamento, escutando música, por exemplo.
   
 
Das 23 - 01:00: o corpo realiza o processo de desintoxicação da vesícula biliar, e idealmente deve ser processado num estado de sono profundo.

Durante as primeiras horas da manhã 01:00- 03:00: processo de desintoxicação do fígado, idealmente deve suceder também num estado de sono profundo.
De madrugada 03:00- 05:00: desintoxicação dos pulmões. É por isso que por vezes neste horário se produzem fortes acessos de tosse. Quando o processo de desintoxicação atinge o trato respiratório é melhor não tomar medicamentos para a tosse já que interferem no processo de eliminação de toxinas.
Manhã 05:00- 07:00: desintoxicação do cólon. É o horário de ir à casa-de-banho para esvaziar o intestino.

Durante a


Manhã de 07:00- 09:00: absorção de nutrientes no intestino delgado. É o horário perfeito para tomar o Café da manhã. Se estiver doente o Café da manhã deve ser tomado mais cedo: antes das 6:30 .
O Café da manhã antes das 7:30 é benéfico para aqueles que querem manter-se em forma.
Os que não têm por hábito tomar o Café da manhã devem tentar mudar o hábito, sendo menos prejudicial realizá-lo entre as 9:00 e as 10:00 em vez de ficar a manhã completa sem comer.
Dormir tarde e despertar tarde interromperá o processo de desintoxicação de químicos desnecessários ao seu organismo. Além disso deve ter em conta que das 00:00 às 4:00 é o horário em que a medula óssea está produzindo sangue. Então, procura dormir bem e não se deite tarde.

CUIDA DA SUA SAÚDE
Vive a vida com limites!

Os alimentos "Top-five" causadores de câncer:

1. Cachorros quentes

Porque têm alto teor em nitratos. A "Câncer Preventivo Coalition" adverte que as crianças não devem comer mais de 2 salsichas por mês.


2. Carnes processadas e toucinho

Também contêm altos níveis de nitrato de sódio como as salsichas, assim como também no toucinho e outras carnes processadas aumentam o risco de doenças do coração.
A gordura saturada do toucinho também é um grande colaborador na geração de câncer.

3. Donés (Donutts)

Os donés são duplamente causadores de câncer
Primeiro porque são elaboradas com flúor, açúcar refinado e óleo hidrogenado, depois são FRITOS a altas temperaturas.
Os donés são o primeiro "alimento" de todos os que podes comer que elevará altamente o teu risco de gerar câncer.

4. Batatas fritas
Assim como os donutts, as batatas fritas são elaboradas com óleos hidrogenados e cozinhadas depois a altas temperaturas.
Também contêm acrylamidas que se geram durante o processo de cozedura a altas temperaturas.
Deveriam chamar-se batatas de câncer em vez de batatas fritas.


5. Biscoitos e bolachas

São geralmente elaboradas com flúor e açúcar.
Até as que em suas etiquetas são orgulhosamente apresentadas como livres de gorduras transgénicas geralmente contêm ainda, só que em quantidades menores.

HÁBITOS QUE PREJUDICAM O CÉREBRO

(matam neurônios)

1. Não tomar o café da manhã
A pessoa que não toma o pequeno-almoço tem baixo nível de açúcar no sangue. Isto gera uma quantidade insuficiente de nutrientes ao cérebro causando a sua degeneração paulatinamente.

 2. Comer demais

Isto causa o endurecimento das artérias do cérebro, causando também baixa capacidade mental.

3. Fumar

Causa a diminuição do tamanho cerebral e promove também a doença de Alzheimer.

4. Consumir altas quantidades de açúcar


O alto consumo de açúcar interrompe a absorção de proteínas e outros nutrientes causando má nutrição e pode interferir no desenvolvimento do cérebro.

5. Contaminação do ar

O cérebro é o maior consumidor de oxigênio do corpo. Inalar ar contaminado diminui a sua oxigenação provocando uma diminuição da eficiência cerebral.


6. Dormir pouco

O dormir permite ao cérebro descansar. A falta de sono por períodos prolongados acelera a perda de células do cérebro.

7. Dormir com a cabeça coberta

Dormir com a cabeça coberta aumenta a concentração de dióxido de carbono e diminui o oxigênio causando efeitos adversos ao nosso cérebro.


8
. Fazer o cérebro trabalhar quando estamos doentes

Trabalhar e estudar quando estás doente, além da dificuldade do cérebro para responder nesse estado, prejudica-o.

9. Falta de estimulação

Pensar é a melhor maneira de estimular o nosso cérebro e não fazê-lo provoca que o cérebro diminua o seu tamanho e portanto a sua capacidade.

10. Pratica a conversação inteligente

Conversas profundas ou intelectuais promovem a eficiência cerebral

Causas principais que prejudicam o fígado

1. Dormir tarde e despertar tarde

2. Não urinar pela manhã

3. Comer demasiado

4. Pular o café da manhã

5. Consumir muitos medicamentos

6. Consumir conservantes, colorantes, adoçantes artificiais


7. Consumir óleos de cozinha não saudáveis. Reduz o mais possível o consumo de alimentos fritos mesmo quando utilizes azeites benéficos. Não consumas alimentos fritos quando estiveres cansado ou doente a menos que sejas muito magro, mas se puderes, evita-o.

8. Consumir alimentos demasiado cozidos sobrecarregam o fígado.

Os vegetais devem ser comidos crus ou pouco cozidos. Se consomes vegetais fritos deves fazê-lo de uma só vez, ou seja, não deves guardá-los para consumo posterior.

Devemos seguir estes conselhos sem que signifique maior gasto. Só temos que adotar um estilo de vida mais saudável e melhorar os nossos hábitos alimentares. Manter bons hábitos de alimentação e exercício é muito positivo para que o nosso organismo absorva o que necessita e elimine os químicos no seu "horário".

LEVA MAIS À SÉRIO A SUA SAÚDE....

E REPASSE ESTAS INFORMAÇÕES PARA TODOS OS SEUS AMIGOS!!!

 Fonte: Rede SESMT 

domingo, 14 de outubro de 2012

VOCÊ É IMPORTANTE, ACREDITE E TRABALHE NESTA PERSPECTIVA EXIGINDO OS SEUS DIREITOS E CUMPRINDO OS SEUS DEVERES EM PROL DE SI MESMO(A) E DA COLETIVIDADE...


video


TRABALHANDO EM EQUIPE:

1. Discuta o trabalho, os procedimentos e revise as possíveis falhas antes de começar qualquer tarefa, tornando a execução livre de possíveis acidentes;
2. Os acidentes diminuem quando as pessoas cuidam da segurança pessoal e do grupo;
3. Trabalhando em equipe você pode identificar situações de risco e saber como lidar com elas.



TRABALHANDO INDIVIDUALMENTE:

1. Em se tratando de prevenção, todos nós somos importantes;
2. Todo trabalhador deve sentir necessidade de usar todos os EPI’s indicados;
3. Pergunte quantas vezes for necessário até o entendimento da tarefa que lhe for passada ;
4. Você é importante e todos sentem (seus colegas e familiares).

Fonte: Rede SESMT

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

A IMPORTÂNCIA DA SINALIZAÇÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE NO AMBIENTE DE TRABALHO.

video


A sinalização pretende condicionar e orientar a atuação do indivíduo perante situações de risco para as quais se pretende chamar a atenção;
A sinalização adequada dos riscos profissionais constitui uma efetiva medida de prevenção dos riscos profissionais a que os trabalhadores estão expostos;
A Sinalização de Segurança e Saúde é uma condição básica essencial de prevenção dos riscos profissionais;
Os melhores programas de promoção e melhoria das condições de trabalho perdem a sua eficácia se a sinalização de segurança não for conhecida e respeitada por todos;
Sinalização de segurança e saúde – fornece indicações ou prescrições relativas à SST por intermédio de placas, cores, comunicações verbais e sinais luminosos, acústicos ou gestuais;
Sinal de proibição – proíbe um comportamento susceptível de provocar ou expor a um perigo;
Sinal de aviso – adverte sobre um perigo ou um risco;
Sinal de obrigação – impõe um determinado comportamento;
Sinal de salvamento ou socorro – dá indicações de saídas de emergência ou meios de socorro ou salvamento;
Sinal de indicação – fornece indicações não abrangidas por sinais de proibição, aviso, obrigação e de salvamento ou socorro;
O empregador deve implementar a sinalização de segurança e saúde na empresa como componente essencial de prevenção dos riscos profissionais, associada a processos e métodos de organização do trabalho;
Os trabalhadores devem ser consultados, informados e formados sobre as medidas adequadas às características do seu local de trabalho;
A sinalização deve ter caráter permanente excepto quando as situações a identificar forem de caráter acidental, como ações específicas de evacuação ou orientação, por exemplo;
A eficácia da sinalização de segurança depende da sua localização correta, do número suficiente e do bom estado de conservação ou funcionamento;
Os meios e dispositivos de sinalização devem:
- Atrair a atenção dos trabalhadores;
- Dar a conhecer o risco com antecedência suficiente, para que o trabalhador possa atuar;
- Ter uma única e clara interpretação, não se prestando a confusões de interpretação;
- Indicar a maneira correta de atuar em cada caso;
- Estar instalados em local bem iluminado, a uma altura e posição apropriadas;
- Ser de materiais resistentes a choques, intempéries e agressões do meio ambiente;
- Ser retirados sempre que a situação que os justificava deixe de se verificar.

Fonte: Rede SESMT

terça-feira, 14 de agosto de 2012

ERGONOMIA, AS CONDIÇÕES E O RITMO DE TRABALHO...

video



Ergonomia é um conjunto de ciências e tecnologias que procura a adaptação confortável e produtiva entre o ser humano e seu trabalho, basicamente procurando adaptar as condições de trabalho às características do ser humano.
As Lesões por Esforços Repetitivos (LER), denominadas atualmente como Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT), se constituem num dos mais sérios problemas de saúde pública da economia mundial. Sua ocorrência hoje, tanto no Brasil como em diversos países é preocupante. As LER/DORTs acometem uma quantidade crescente de trabalhadores. Há empresas no Brasil com índices de afastamento do trabalho acima de 10% da sua população, provocando profundo sofrimento, perda da capacidade produtiva e comprometimento da vida social e familiar.
Cuidados necessários para o levantamento de pesos:
a)  Levante o peso de maneira correta.
b)  Agache o mais perto possível do mesmo.
c)  Mantenha suas costas ereta com a espinha (coluna vertebral) reta e na vertical, firme os músculos abdominais e faça suas pernas receberem a maior parte do peso a ser erguido. Os braços devem estar o mais próximo possível do corpo.
d)  Respire fundo e prenda o ar nos pulmões durante o levantamento. Levante o objeto pouco a pouco, esticando as pernas.
e)  O esforço para levantar um peso é na coluna vertebral.
f)   Lembre-se de que o homem não é guindaste. Peça auxílio ao transportar ou manusear material pesado.
g)  É importante transportar materiais compridos, quando em equipe, sempre no mesmo ombro para evitar descompasso.
h)  Ao transportar materiais de grande extensão, cuidado para não atingir outros empregados que se desloquem em sentido contrário.
i)    Cuidado ao manusear peças com rebarbas.
j)    Use sempre luvas no transporte e manuseio desse tipo de peças.
k)  Suas mãos não são alavancas.
l)    Não permaneça embaixo das cargas suspensas.
m)  Inspecione sempre materiais, equipamentos e utensílios de transportes.
n)  Use sempre cabos de aço, estropos e cintas em boas condições de utilização.
o)  Antes de içar da peça, o pessoal de transporte deve inspecionar toda a amarração da carga para evitar imprevistos.
p)  Use sempre pedaços de madeira, borracha, quebra quina, etc. para evitar contato dos cabos de aço, estropos e cintas com cantos / arestas vivas. Se possível, amarre os calços de madeira.
q)  Certifique-se de que o gancho do guindaste não está excessivamente aberto e sem a trava de segurança.
Cuidados no uso de empilhadeiras:
1-Não freie bruscamente, principalmente quando estiver com carga.
2-Quando o veículo estiver carregado, não dirija na velocidade máxima.
3-Ao dirigir a máquina carregada deixe o centro de gravidade baixo, afim de, manter a estabilidade do veículo. “Os garfos deverão ficar uns 20 cm acima do solo”.
4-Nunca leve a carga ou arranque o veículo com o mastro inclinado para  frente.
5-Não incline o mastro para frente com a carga elevada.
6-Não corra de forma nenhuma.
7-Antes de atravessar uma rua ou fazer uma curva diminua a marcha, buzine e entre calmamente.
8-Mantenha o terreno por onde a empilhadeira deverá passar sempre limpo e sem obstáculos.
9-Evite travagens bruscas.
10-Tome bastante cuidado ao dirigir sem carga, já que o risco de capotar é muito maior.
11-Não se desloque em rampas acentuadas, e quando necessário, a carga deverá estar do lado mais alto.
12-Ao carregar cargas equilibradas entre si, você deve se assegurar de deixá-las numa posição estável.
13-Verifique sempre se que a carga está equilibrada uniformemente. A falta de cumprimento deste detalhe pode deformar o veículo ou mesmo causar uma capotagem.
14-Evite sempre sobrecargas.
Cuidados no trabalho realizado em pé:
       Altura do plano de trabalho adequada.
        Comandos, materiais e equipamentos devem estar ao alcance do trabalhador.
        Espaço suficiente para os pés.
        Evitar curvar as costas.
        Não deve usar-se roupa apertada.
       Costas direitas e ombros relaxados.
        Corpo próximo da bancada e peso distribuído pelas duas pernas.
        Mãos próximas do corpo, numa posição natural.
       Comandos, interruptores e alavancas devem estar num nível mais baixo do que os ombros.
        Usar calçado adequado.
Cuidados no trabalho realizado sentado:
       Plano de trabalho deve estar ao nível dos cotovelos.
        Corpo próximo da mesa.
        Costas erectas e ombros relaxados.
        No trabalho de precisão deve existir apoio para mão e\ou antebraço.
        Mesa de arestas baleadas e tampo baço.
       Altura da cadeira deve ser ajustável e a planta dos pés deve ficar apoiada no chão com apoio de pés.
        Espaço suficiente para as pernas, permitindo mudanças de posição.
        O trabalho deve ser variado.
        Deve fazer-se mini-pausas em vez de pausas longas.
       Em caso de uso do computador, a posição do monitor deve estar entre 50 a 70 cm de distância dos olhos e o ângulo de visão para a tela do monitor deve ser de 10 a 20º. O topo do monitor deve estar na altura dos olhos ou ligeiramente abaixo dos olhos.
       Os documentos utilizados devem estar perto do computador (em pranchetas)

FONTE: Rede SESMT